Se você substituiu alguns alimentos engordativos por outros que carregam o estigma de diet e light para manter a forma física, cuidado! Alguns deles são bem menos saudáveis do que parecem ser e podem causar efeito contrário ao esperado. 
     A nutricionista clínica e ortomolecular Daiana Mafort informa que nos produtos diet e light o açúcar é substituído por adoçantes artificiais, como ciclamato de sódio, sacarina e acessulfame-k, que fazem mal à saúde.
     “Esses produtos devem ser consumidos com moderação, pois o uso em excesso pode causar câncer de intestino ou fígado. Nos diet também contém mais gordura saturada”, diz ela.
Confira a seguir quatro exemplos citados pela nutricionista:
Barra de cereal: não são todas, mas algumas têm muito açúcar e gordura saturada em excesso. Apesar de serem muito usadas como lanche nos intervalos das grandes refeições, é necessário atentar aos rótulos e saber identificar as que podem fazer mal à saúde. Prefira as marcas que são ricas em fibras que proporcionam mais saciedade e melhoram o trânsito intestinal.
Sucos de caixinha: as bebidas industrializadas contêm altos índices de açúcares, corantes e aromatizantes. Isso faz com que esses sucos percam um pouco dos seus nutrientes, ou seja, não é 100% fruta. Em excesso podem provocar ganho de peso, hipertensão e alergias. O melhor suco é o natural!
Pães multigrãos: muitos deles são preparados com grãos refinados e não trazem o benefício nutricional provido por um grão integral. Algumas marcas também possuem muitas calorias por unidade, por isso fique atento. É importante também salientar que consumir grãos ricos em fibras e não consumir água suficiente para a maciez das fezes pode causar obstipação.
Bebidas esportivas: esses líquidos funcionam como repositores de eletrólitos, pois quando praticamos exercício físico perdemos sais minerais e glicose. A bebida é recomendável somente para atletas ou quem faz exercício físico com frequência. Para os sedentários, podem aumentar o peso corporal e ser prejudicial à saúde por ter açúcar e sódio em excesso.
Para uma alimentação saudável é essencial comer alimentos naturais, como ressalta a nutricionista: “Ingira frutas nos intervalos das refeições e como sobremesas. Evite comidas prontas congeladas e fuja dos refrigerantes, mesmo sendo zero, pois contêm adoçante, que não é benéfico. Opte por sucos de frutas naturais ou polpa congelada, que são mais saudáveis do que os industrializados”.
Caldos e temperos prontos, também devem ser excluídos do cardápio devido às grandes quantidades de sódio e gordura saturada. Daiana Mafort orienta: “Substitua o açúcar refinado por açúcar mascavo ou, se tiver diabetes e obesidade, opte por sucralose”.
Fonte: www. Educação física.com.br

Consulte o Nutricionista!
Curta nossa FanPage no Facebook: Nutridicas