Ao crescer numa família de humanos, Bo nunca teve razões que a levassem a pensar que era diferente. Até ao dia em que, de forma inesperada, matou o namorado no primeiro encontro íntimo. Descobre então que é uma das chamadas Fae, criaturas lendárias e mitológicas que se fazem passar por humanos, alimentando-se deles em segredo e de várias formas. Aliviada, mas ao mesmo tempo horrorizada, Bo decide tomar um caminho intermédio entre os humanos e os Fae, enquanto embarca numa missão pessoal para descobrir os segredos da sua origem.